NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Com a aquisição da Allard Emballages, a Hinojosa passa a ser composta por 20 fábricas e uma força de trabalho de mais de 2.300 funcionários, reforçando a sua presença nos países do sudoeste europeu para disponibilizar uma oferta multiprodutos nestes territórios, asseguram os responsáveis do grupo espanhol, que entrou no mercado nacional no ano passado.

A produtora espanhola de embalagens de cartão Hinojosa continua o seu processo de internacionalização, iniciado em Portugal, em 2020, entrando agora no mercado francês.

 

Não foi revelado o valor desta aquisição.

 

“Após ter adquirido em Portugal, no início de 2020, a Graphicsleader, a Hinojosa avança agora para França com a aquisição da Allard Emballages”, revela um comunicado da empresa, explicando que a nova aquisição é “um grupo especializado no fabrico e comercialização de papel e embalagens de cartão ondulado, que em 2019 teve um volume de negócios de 83 milhões de euros”.

 

Segundo os responsáveis da Hinojosa, “ambas as empresas partilham valores como a aposta na inovação contínua, a tecnologia mais avançada e a proximidade com o cliente Valencia (Espanha)”.

 

“A Hinojosa, líder em soluções globais de embalagem na Península Ibérica, concluiu a compra da empresa francesa Allard Emballages. Com a sua entrada no mercado francês de embalagens de cartão, a empresa continua a expansão internacional iniciada, no princípio do ano de 2020, com a incorporação da empresa portuguesa Graphicsleader no grupo” assina o mesmo comunicado.

 

De acordo com este documeto, “a Hinojosa procura melhorar a experiência dos seus clientes prestando-lhes um serviço completo de embalagem, com a gama de produtos mais sustentável e de maior qualidade”.

 

“Um portefólio de produtos estará a partir de agora também à disposição da Allard Emballages para promoção no mercado francês como: embalagens especiais em alta qualidade de impressão, soluções de embalagens para alimentos frescos ou caixas de alto valor agregado para os sectores cosmético, farmacêutico, vinhos e bebidas espirituosas, entre outros”, esclarecem os responsáveis da Hinojosa.

 

A Allard Emballages tem mais de 90 anos de história. Fundada em 1928, a empresa é um grupo familiar francês especializado no fabrico e comercialização de papel e embalagens de cartão ondulado.

 

É composto por quatro fábricas (três fábricas de embalagens e uma de papel) com forte presença nos principais mercados agroalimentares franceses.

 

“A empresa, que em 2019 teve um volume de negócios de 83 milhões de euros, manterá todo o seu quadro composto por mais de 400 colaboradores com a atual equipa de gestão na liderança. A Allard Emballages tem um forte potencial de crescimento graças ao importante processo de renovação tecnológica e de profissionalização empreendido nos últimos anos”, sublinham os responsáveis da Hinojosa.

 

A administração da empresa espanhola realça ainda os valores partilhados com a sua nova participada francesa.

“A Hinojosa e a Allard Emballages partilham valores muito semelhantes. Ambas são empresas familiares que estão comprometidas com a inovação contínua, a tecnologia mais avançada e a proximidade com o cliente, para se tornarem parceiras de longo prazo em soluções de embalagens. Esta integração permitirá potenciar as suas melhores práticas e desenvolver sinergias para potenciar a excelência operacional comum, especialmente em sectores como a agricultura ou a alimentação, onde possuem uma vasta experiência e onde se valoriza principalmente o aconselhamento e a proximidade que oferecem”, avança o comunicado em apreço.

 

Este documento acrescenta que, “assim como a Hinojosa, a Allard Emballages tem integrada na sua estrutura o fabrico de papel 100 % reciclado para consumo próprio”.

 

“Isto permite-lhes ter maior autonomia face às mudanças no mercado desta matéria-prima e oferecer uma maior garantia de estabilidade aos seus clientes. Além disso, ambas estão fortemente comprometidas com a sustentabilidade e o respeito pelo meio ambiente. No caso da Hinojosa, o desenvolvimento da ISO 14001 nas fábricas é um exemplo desse compromisso. Da mesma forma, faz parte do sistema de ‘rating’ internacional ECOVADIS e apresenta, todos os anos, o seu Relatório de Responsabilidade Corporativa elaborado de acordo com o modelo GRI (Global Reporting Initiative)”, asseguram os responsáveis da Hinojosa.

 

A administração da Hinojosa destaca também que, “a partir de agora, [as duas empresas] irão unir forças e sinergias para lançar novos projetos que lhe permitam continuar a reduzir a pegada de carbono, como faziam até agora separadamente”.

Em termos de crescimento internacional, “a entrada no mercado francês foi uma aposta natural na estratégia de crescimento internacional da Hinojosa, na qual se dá prioridade à expansão para os mercados mais próximos”.

 

“O processo de internacionalização da Hinojosa teve início em Portugal, no início do ano de 2020, com a compra da Graphicsleader, empresa com mais de 125 anos de experiência e especialização em embalagens de cartolina e micro canelado, através da qual conseguiu alargar a sua oferta na indústria alimentar, calçado, detergentes e têxtil. Com esta operação em França, a Hinojosa passa a ser composta por 20 fábricas e uma força de trabalho de mais de 2.300 funcionários, reforçando a sua presença nos países do sudoeste europeu para disponibilizar uma oferta multiprodutos nestes territórios”, garantem os responsáveis da Hinojosa.

 

Com mais de 70 anos de experiência, a Hinojosa afirma-se como líder no sector de acondicionamento e embalagens na Península Ibérica, considerando-se como um dos principais grupos empresariais familiares espanhóis.

 

“A empresa oferece um serviço completo de embalagem. Com o mais amplo portefólio de produtos do sector é capaz de fornecer soluções para todas as necessidades de embalagens dos clientes, desde as mais simples às mais técnicas ou ‘premium’. A Hinojosa teve um crescimento significativo nos últimos dez anos. Inovação, especialização e orientação num estreito relacionamento com o cliente são os pilares que sustentam este crescimento. Atualmente, conta com dezasseis unidades de produção na Península Ibérica e encerrou o ano de 2019 com uma faturação de 418 milhões de euros”, conclui o comunicado da empresa espanhola.

Partilhar