NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Portugal Ventures reportou “resultados históricos” da sua atividade em 2021, com um encaixe de 12 milhões de euros. A sociedade de capital de risco do grupo Banco Português de Fomento passou de um prejuízo de 814 mil euros em 2020 para o lucro mais elevado da sua história.

Para este resultado contribuiu de forma decisiva a valorização ocorrida ao nível do valor dos ativos que integram a carteira de Capital de Risco, que ascendeu aos 147.6 milhões de euros.

 

“Ao longo de 2021, a continuada estratégia de criação de valor para as nossas participadas e a constante procura de oportunidades de desinvestimento para as empresas mais maduras desta carteira impactou positivamente os resultados dos Fundos de Capital de Risco que gerimos e, consequentemente, os resultados da Sociedade”, diz Rui Ferreira, Presidente da Portugal Ventures.

 

No final de 2021, a Portugal Ventures detinha 16 Fundos de Capital de Risco (FCR) com 249.4 milhões de euros de ativos sob gestão, correspondendo a um aumento de cerca de 48% (80 milhões de euros) face a 2020. Destes 16 FCR, 13 tiveram resultados líquidos positivos, tendo passado de um resultado líquido de 10.8 milhões de euros negativos em 2020 para 40.4 milhões de euros positivos em 2021.

Partilhar