NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Em conjunto, refere a Laurel, a European Cultural and Creatives Alliance representa mais de 600 marcas e entidades culturais.

A Laurel, Associação Portuguesa das Marcas de Excelência, passou a integrar a Aliança Industrial Cultural e Criativa da Europa, (ECCIA). “A adesão à ECCIA é um importante reconhecimento da excelência do património imaterial português, do legado dos nossos artesãos, e que representará uma relevante montra internacional da nossa cultura e do “saber fazer português” no seu sentido mais vasto”, refere em comunicado Francisco Carvalheira, secretário-geral da Laurel da associação.

 

“Através de ações e sinergias que estabelecemos com estes parceiros, procuraremos reforçar cada vez mais o posicionamento nacional e internacional dos nossos associados, assim como de marcas emergentes que necessitem desta importante alavancagem “, prossegue o responsável da Laurel, que representa marcas de hotelaria, ourivesaria, moda, mobiliário, vinhos, passando por parcerias com universidades nacionais como a Nova SBE, o ISEG e a Universidade Católica Portuguesa.

 

“Esta parceria vem permitir à Laurel e aos seus associados consolidar o valor e a qualidade da marca Portugal a nível internacional. Para a Sogrape, para quem o vinho sempre teve uma ligação à arte e à cultura, este é um importante passo no sentido de dar a conhecer ao mundo o que de melhor fazemos no nosso país. Num contexto onde a excelência está muito ligada ao craft, um dos caminhos de afirmação do vinho, e em particular dos Fine Wines, é precisamente o de explorar o seu cariz artesanal, do artefacto cultural e de o elevar além-fronteiras”, refere Raquel Seabra, Administradora Executiva da Sogrape.

 

“Esta parceria vem permitir à Laurel e aos seus associados consolidar o valor e a qualidade da marca Portugal a nível internacional. Para a Sogrape, para quem o vinho sempre teve uma ligação à arte e à cultura, este é um importante passo no sentido de dar a conhecer ao mundo o que de melhor fazemos no nosso país”, prossegue Raquel Seabra, administradora executiva da Sogrape, membro da associação.

 

A European Cultural and Creatives Alliance passa a ser composta pelo Comité Colbert (França), o Walpole (Reino Unido), Círculo Fortuny (Espanho), Meisterkreis (Alemanha), a Altagamma (Itália) e a Gustaf III Komitté (Suécia). Em conjunto, refere a Laurel, representam mais de 600 marcas e entidades culturais.

Partilhar