NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A ilha do Faial, nos Açores, vai receber em 2023, a conferência portuguesa de Inteligência Artificial, entre 05 e 08 de setembro, numa organização da Associação Portuguesa para a Inteligência Artificial (APPIA), foi hoje divulgado.

"Dez anos após a última organização desta conferência nos Açores (realizada em Angra do Heroísmo, em 2013), este evento reveste-se de particular importância num momento em que o tema da Inteligência Artificial ganha uma crescente popularidade e impacto na investigação e gestão de recursos naturais, assim como na administração pública", indicou a organização.

 

A escolha dos Açores para a realização desta conferência foi aprovada na reunião da assembleia geral da APPIA realizada na quinta-feira, e está relacionada com o facto de, na ilha do Faial, estar sedeada o Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores e do instituto de investigação marinha Okeanos, que têm produzido diversos trabalhos sobre o mar profundo.

 

A proposta para que a conferência portuguesa de Inteligência Artificial ocorra nos Açores partiu de Nuno Moniz, professor na Universidade de Notre Dame (Indiana, Estados Unidos da América), natural da Ilha do Faial, e também de José Cascalho, professor na Universidade dos Açores, e de Gui Menezes, diretor do centro de investigação Okeanos, da Universidade dos Açores.

 

A comissão proponente da conferência inclui, ainda, outros professores das Universidades do Porto, de Aveiro, de Coimbra, de Lisboa e dos Açores, bem como da empresa portuguesa de tecnologia financeira Feedzai, criada em 2009 e que tem sede em Coimbra.

 

A conferência portuguesa de Inteligência Artificial é uma das mais antigas conferências científicas na Europa dedicada ao tema, e pretende levar à Ilha do Faial mais de uma centena de cientistas nacionais e internacionais durante uma semana.

Partilhar