NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Olaf Scholz disse que já abordou a questão com o Governo português.

O chanceler alemão defendeu hoje a construção de um gasoduto entre Portugal e a Europa central para reduzir a dependência energética do gás russo.

 

“Um gasoduto destes iria aliviar e muito a atual situação de fornecimento”, disse hoje Olaf Scholz numa conferência de imprensa em Berlim, citado pela “Reuters”.

 

O gasoduto iria passar, obviamente, por Espanha, França até chegar ao coração da Europa central e a Alemanha, onde existem mais países dependentes do gás russo.

 

Olaf Scholz disse que já abordou a questão com os governos de Portugal, Espanha, França e a Comissão Europeia em Bruxelas, tendo adiantando que defende fortemente este projeto.

Partilhar