NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Volkswagen confirmou que se prepara para lançar uma oferta pública inicial (IPO) da Porsche, noticiou esta terça-feira o Financial Times. O grupo vai dispersar 12,5% do capital Porsche.

A Volkswagen confirmou que se prepara para lançar uma oferta pública inicial (IPO) da Porsche, noticiou esta terça-feira o Financial Times (FT). O grupo vai dispersar 12,5% do capital Porsche.

 

Os Conselhos de Administração e Conselho Geral de Supervisão da Volkswagen reuniram-se na segunda-feira, dia 5 de setembro, para decidir sobre a tão esperada admissão à cotação da Porsche. O FT diz que a operação pode ser realizada dentro de semanas, no final do mês ou no início de outubro, estando condicionada a “novos desenvolvimentos no mercado de capitais”.

 

Mas mesmo com entrada no mercado, o controle da empresa vai continuar nas mãos das poderosas famílias Porsche e Piëch, conforme um acordo assinado em fevereiro deste ano. As famílias Porsche-Piëch, acionistas de referência, comprarão mais 12,5% da marca desportiva, pagando um prémio de 7,5%, refere o jornal.

 

Se tudo correr conforme os planos, a Porsche SE (holding já cotada na Bolsa de Valores de Frankfurt) vai adquirir 25% mais uma ação ordinária da Porsche Ag, a empresa que será listada, a um preço acrescido de 7,5% face às ações preferenciais, mantendo assim a maioria absoluta dos direitos de voto não apenas na Volkswagen, mas também na Porsche.

A holding Porsche SE já controla 31,4% das ações da Volkswagen com 53,3% dos direitos de voto.

 

A Volkswagen fixou o final de setembro/início de sutubro como a data para a emissão de ações, mas fê-la depender de novos desenvolvimentos no mercado de capitais.

 

A XTB diz que o índice alemão está a tentar recuperar acima da marca dos 13.000 pontos em parte em parte por causa do IPO da Porsche.

Partilhar