NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A imobiliária ERA vendeu mais de 6250 imóveis em Portugal e faturou 47,3 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano, o que representa o seu melhor semestre de sempre no país.

A imobiliária ERA faturou 47,3 milhões de euros no primeiro semestre deste ano em Portugal, mais 24% em comparação com o período homólogo, segundo anunciado esta segunda-feira em comunicado.

 

No período em análise, a ERA vendeu mais de 6250 imóveis, um aumento de 13% face aos primeiros seis meses de 2021. Estes resultados traduzem-se no melhor semestre de sempre para a imobiliária.

 

De acordo com o comunicado, a faturação atingida no primeiro semestre de 2022 representa um aumento de 12% face ao mesmo período em 2019 e inclusive supera em 3% o valor atingido em 2018.

 

"Apesar de todos os fatores externos adversos que estão a influenciar os diferentes setores económicos, incluindo o imobiliário, nomeadamente o aumento da inflação, a subida das taxas de juro ou a escassez e aumento do custo das matérias-primas, a ERA mostrou-se resiliente e desenvolveu uma estratégia que lhe permitiu transacionar a venda de imóveis com um valor total de 1000 milhões de euros no primeiro semestre de 2022", indica a nota da imobiliária.

 

A ERA indica ainda que, entre janeiro e junho, registou um maior número de clientes compradores do que vendedores. O número de clientes compradores cresceu 7% e o de vendedores 4%.

 

Quanto ao valor médio de venda, este fixou-se em cerca de 180 mil euros, mais 14% que no primeiro semestre de 2021.

 

"Estes valores alcançados reforçam a nossa perspetiva de alcançar o melhor ano de sempre", disse o diretor executivo, Rui Torgal, referindo que ao longo do tempo a faturação da ERA tem registado um aumento gradual.

Partilhar