NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Aparecendo como terceiro país mais procurado na Jetcost para passar as férias de agosto, depois da Espanha e da Itália”, Lisboa é a cidade/destino mais procurado pelos turistas estrangeiros para esse período.

Lisboa é a cidade/destino mais procurado pelos turistas estrangeiros para as férias no mês de agosto de 2022, segundo indicadores do motor de busca de voos e hotéis www.jetcost.pt.

 

Os dados revelam que uma boa parte dos europeus que decidiram viajar durante as férias do mês de agosto de 2022 têm Portugal como destino. “Seja pelo clima com o sol e a praia como protagonistas principais, riqueza cultural, costumes e festas populares, além da gastronomia, dos hotéis e infraestruturas e dos preços mais baixos que outros países, contribuem para que no seu todo, Portugal seja o terceiro país mais procurado na Jetcost para passar as férias de agosto, depois da Espanha e da Itália”, refere a empresa em comunicado.

 

Os dados recolhidos indicam que uma grande maioria dos turistas optou pela capital do país, Lisboa, cujas atrações continuam a encantar os turistas europeus, sobretudo espanhóis, italianos, alemães e holandeses, pois ocupa a primeira posição em termos das pesquisas, sendo o segundo destino mais procurado por franceses e britânicos.

 

Outro destino português que combina a atração de uma grande cidade, com a sua riqueza cultural e gastronómica de renome, é o Porto, aparecendo nas preferências de viajantes franceses, espanhóis, alemães e italianos.

 

Já Faro, porta de entrada para o Algarve, é o destino mais procurado pelos ingleses, a segunda pelos holandeses, a terceira pelos franceses, alemães e italianos e a quarta pelos espanhóis.

 

Quanto às ilhas, a Madeira parece ser a preferida pelos turistas europeus, já que é a terceira a ser escolhida pelos espanhóis e no quarto lugar pelos franceses, ingleses, alemães, italianos e holandeses. A outra grande ilha do arquipélago, Porto Santo, ocupa o quinto lugar entre as preferências dos turistas britânicos, o sexto entre os turistas franceses, alemães e italianos e o sétimo entre os turistas espanhóis e holandeses.

 

Por outro lado, os Açores, mais concretamente a ilha de São Miguel ocupa o quinto lugar em termos de preferência dos espanhóis, franceses, alemães, italianos e holandeses e sexto para britânicos, seguida da Terceira, escolhida na sexta posição para espanhóis e holandeses e a sétima posição para franceses, britânicos, alemães e italianos.

 

Além das cidades portuguesas e dos destinos de verão de sol e praia, juntamente com as capitais e grandes cidades dos principais países europeus, são os destinos que ocupam as melhores posições da lista, Palma de Maiorca é a quarta, Barcelona é a sexta, Paris é a sétima, Madrid a nona, Roma (11), Ibiza (13), Menorca (14), Amsterdão (16), Malta (18), Londres (21) e Atenas (22). Os que optaram pelos destinos de longa distância optaram por cidades onde se fala português, como São Paulo, que ocupa a 8.ª posição, Cabo Verde (12.º), Rio de Janeiro (15.º), Porto Santo (19.º) e São Tomé (20.º).

 

Para Ignazio Ciarmoli, diretor de marketing de Jetcost, “as cidades e as ilhas portuguesas continuam a ser grandes destinos turísticos mundiais, nas quais os bons preços que oferecem em relação a outras cidades, a sua riqueza cultural, as suas praias, os seus costumes e festas populares, a sua requintada gastronomia e os seus bons hotéis e infraestruturas, continuam a seduzir um grande número de turistas”.

 

De referir que a recuperação do turismo parece ser um facto, indicando a Jetcost, em comunicado, que “a procura de voos aumentou 250%, enquanto nos hotéis a evolução foi de 330%, nos primeiros sete meses deste ano de 2022”.

 

Os dados mostram ainda que “a procura para as férias de agosto de 2022 já são 30% superiores a 2019”, concluindo ainda que os utilizadores “gastam 50% mais de tempo a procurar soluções diferentes, tarifas alternativas e datas, para encontrar a oferta que melhor se adapte ao orçamento de cada um”.

Partilhar