NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Centro Cultural Português de Mississauga no Canadá bateu o recorde do Guinness do maior número de pessoas a dançarem folclore, confirmou à agência Lusa uma fonte da organização.

"Foi batido o título do recorde do Guinness do maior número de pessoas a dançarem em simultâneo dança folclórica portuguesa atingindo 747 participantes", disse Hannah Ortman, juíza oficial do evento.

 

O atual recorde pertencia ao Rancho Rendilheiras do Monte (Vila do Conde), que conseguiu juntar 744 pessoas, a dançar a chula durante cinco minutos, em 2018.

 

Durante mais de cinco minutos os participantes tiveram de desempenhar a coreografia do vira geral, a dança escolhida, "no melhor das suas capacidades durante aquele período de tempo".

 

O ensaiador do rancho folclórico do Centro Cultural Português de Mississauga, Andrew da Camara, um dos principais dinamizadores da iniciativa, mostrou-se algo "emocionado após constatar um sonho que se tornou realidade".

 

"É difícil de explicar agora. No princípio, quando tive esta ideia, as pessoas diziam-me que era maluco, mas tudo é possível quando acreditas em algo. Agora pensamos, após batermos um recorde do Guinness, o que será o próximo desafio", afirmou.

O responsável agradeceu ainda a todos as comunidades envolvidas neste projeto "por uma boa causa".

 

A iniciativa, denominada "Dançar para Aqueles que Não Podem", pretendeu também angariar e consciencializar para alguns problemas na sociedade, num tributo a portadores de deficiências física e mental e com problemas de saúde, que não podem dançar.

 

Os lucros do evento serão distribuídos pela Luso Canadian Charitable Society, Sociedade Canadiana do Cancro e Community Living Mississauga.

 

Após o evento, teve lugar um espetáculo com a atuação de diversos grupos e músicos, incluindo do cantor Rui Bandeira que se deslocou de Portugal.

 

O vencedor do Festival RTP da Canção em 1999 também dançou o vira mostrando-se "satisfeito por ajudar" a comunidade portuguesa no Canadá a fazer história.

 

"Foi um motivo de grande orgulho ser um artista convidado para integrar esta festa, e participar, só demonstra a força da comunidade portuguesa no Canadá e aqui em Mississauga", sublinhou.

 

O Livro de Recordes do Guinness é publicado anualmente e contém uma coleção de recordes reconhecidos internacionalmente, quer em termos de desempenho humano como de extremos da natureza.

Partilhar