NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A companhia angolana de bandeira- TAAG introduziu na sua ligação com Portugal, há um mês, um aparelho do tipo Airbus A300, para assegurar a continuidade do "elevado nível de serviço e disponibilidade de ligações".

Numa nota previamente enviada à imprensa, no princípio de Junho, a TAAG anunciou a efetivação de um Acordo ACMI (Aircraft, Crew, Maintenance and Insurance) com a companhia aérea HiFly, para "leasing" de um Airbus A300 na rota Luanda-Lisboa-Luanda. Segundo a TAAG, a aeronave foi contratada à HiFly em regime de "wet lease". Em casos do género,  cabe à HiFly disponibilizar o avião e a tripulação completa e garantir a manutenção e seguro da aeronave,  sendo apenas compensada pela TAAG pelas horas de operação da aeronave.

"Esta decisão da TAAG coincide, justamente, com o trabalho de manutenção que está a decorrer e que a TAAG está a realizar em parte da sua frota internacional, respectivamente o modelo Boeing 777-300ER", explicou,  a seu tempo,  a direcção da companhia angolana de bandeira. Em termos globais - evoca a direcção - foi uma estratégia de gestão, que permite a continuidade e regularidade da operação,   numa ligação Luanda-Lisboa, que regista bastante procura.

 

A direcção da TAAG sublinha que essa "solução colaborativa é típica na aviação comercial e permite à TAAG assegurar a cobertura de uma das rotas preferenciais e de maior volume de tráfego".

 

O Airbus A300 é um avião moderno,   extremamente versátil e confortável, capaz de transportar até 250 passageiros, numa configuração de duas classes (económica e executiva). A contratada da TAAG, a HiFly, é uma companhia aérea privada - a terceira maior da aviação portuguesa, especializada no frete de aeronaves comerciais, com tripulação, manutenção e seguro incluídos.

 

A HiFly tem uma equipa composta por 800 profissionais e é tida como "entidade qualificada e autorizada, para operar em todos os países do mundo".

 

A companhia aérea HiFly é licenciada pela ANAC (Portugal), é membro da EASA (European Aviation Sofety Agency) e da IATA (International Air Transport Association) e é certificada IOSA (IATA Operational Safety Audit).

Partilhar