NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Great Wine Capitals Global Network e a Fundação The Porto Protocol fecharam um acordo tendo em vista a promoção do papel das regiões vinícolas na evolução sustentável da indústria. No fundo, as duas entidades esperam trabalhar em conjunto para garantir que as próximas gerações terão matéria com que trabalhar.

A parceria tem ainda outra premissa partilhada: para que esta visão a longo prazo se possa concretizar, é necessária uma nova abordagem, assente num princípio de sustentabilidade e na necessidade de todos os interessados responderem em uníssono e com rapidez às alterações climáticas.

 

“O espírito que sustenta as actividades destas instituições baseia-se na firme convicção de que a cooperação e uma forte rede global criarão um quadro fácil para a cooperação”, referem a Great Wine Capitals Global Network e a Fundação The Porto Protocol em comunicado.

 

O enoturismo será um dos focos da colaboração, estando prevista a promoção e partilha de práticas mais amigas do ambiente no que concerne o turismo vitivinícola, dando a conhecer exemplos de vários pontos do Mundo.

 

Segundo Jacques Faurens, presidente da Great Wine Capitals, «a indústria do enoturismo está profundamente preocupada com a sustentabilidade» e a organização que lidera já está a actuar nesse sentido: «As nossas regiões vinícolas estão ligadas e ligadas à terra e às paisagens e a consciência da biodiversidade e da protecção do ambiente fazem parte da mensagem transmitida ao acolher os visitantes.»

 

Do lado da Fundação do Protocolo do Porto, Adrian Bridge sublinha que se trata de um parceria de grande valor pois permite alargar o âmbito do trabalho da organização, bem como da sua mensagem. Permite ainda «reforçar a procura de partilha colaborativa ao longo da cadeia de valor do vinho em todo o Mundo», de acordo com o também director executivo da Fladgate Partnership.

Partilhar