NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Seis valiosos tapetes da coleção do Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos (CITA) são apresentados a partir de quinta-feira em Mira de Aire, no distrito de Leiria, anunciou hoje o diretor do Museu Industrial e Artesanal do Têxtil (MIAT).

"São peças raras, muito antigas, de valor incalculável", explicou à agência Lusa o fundador e responsável pelo MIAT, José Paulo Baptista, a propósito do conteúdo da exposição "Tapetes de Arraiolos: Séculos de História Bordados"

.

Em Mira de Aire, vão ficar visitáveis seis peças da coleção do CITA, algumas com desenho original inspirado nos tapetes de Arraiolos de padrão oriental datados do século XVII e primeira metade do século XVIII, que eram inspirados em tapetes persas e indianos.

 

Entre aquela vila e freguesia do concelho de Porto de Mós, e Arraiolos, no distrito de Évora, há uma ligação de muitas décadas, recordou o diretor do MIAT.

 

"Em Mira de Aire produzia-se, e ainda se produz, bastante fio para este tipo de indústria. Os tapetes de Arraiolos são conhecidos em todo o mundo e enquadram-se muito bem no tema dos têxteis e lanifícios que trabalhamos no museu. E há essa ligação com mais de 50 anos. Foi daí que surgiu a ideia para esta exposição", esclareceu.

 

Durante o século XX, a lã para muitos tapetes de Arraiolos foi produzida na Fábrica Vitória, já encerrada. É no berçário/creche dessa antiga unidade fabril que está instalado o MIAT. Hoje, o fio para tapetes é ainda produzido em Mira de Aire pelas empresas Rosários 4 e pela Chicoração, notou José Paulo Baptista.

 

No MIAT, vão estar seis tapetes do espólio do CITA, que demonstram as especificidades dos Arraiolos, como "os desenhos muito característicos e o nó específico".

 

"Como há os persas, os turcos, os marroquinos, também este tapete só neste lugar do mundo se produz, embora em Portugal também já se fabriquem no norte e no centro", salientou.

 

"Tapetes de Arraiolos: Séculos de História Bordados" é inaugurada às 17:00 de quinta-feira e fica patente no MIAT até 15 de dezembro.

Partilhar