NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O investimento direto brasileiro em Portugal aumentou 233,8% no primeiro semestre, para 127,2 milhões de euros, face ao período homólogo, muito acima do investimento português naquele país, segundo dados cedidos pela AICEP à Lusa.

De acordo com a informação enviada pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), com base em dados do Banco de Portugal (BdP), o investimento direto do Brasil em Portugal passou de -95,1 milhões de euros entre janeiro e junho de 2021 para 127,2 milhões de euros no mesmo período deste ano.

 

Por outro lado, apesar de também ter registrado um crescimento de 125,1% nos primeiros seis meses do ano, o investimento direto português no Brasil ficou bastante aquém daquele valor.

 

Neste período, o investimento direto naquele país fixou-se em 5,9 milhões de euros, o que compara com os -23,4 milhões de euros.

 

Olhando para a totalidade do ano, em 2021 o investimento direto do Brasil em Portugal ascendia a 88,3 milhões de euros, depois de ter caído para -767,7 milhões de euros em 2020 e que compara com os 394,5 milhões de euros alcançados em 2019.

 

Já o investimento português no Brasil cifrava-se em 2021 em 12,3 milhões de euros, acima dos -105,1 milhões de euros em 2020 e dos 248,1 milhões de euros de 2019.

 

Apenas em 2017 este valor tinha sido positivo, ao fixar-se em 126,3 milhões de euros.

Partilhar