NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A empresa de biotecnologia vai instalar um centro global na capital, que permitirá apoiar as atividades empresariais. A Amgen pretende criar 300 empregos altamente qualificados ao longo de dois anos.

A Amgen pretende criar 300 empregos altamente qualificados em Portugal nos próximos dois anos, anunciou a empresa de biotecnologia. Lisboa foi a cidade escolhida para a empresa de biotecnologia instalar um novo centro global, que permitirá apoiar as atividades empresariais.

O novo centro vai "agrupar valências essenciais para a capacidade da Amgen de se adaptar a um ambiente em constante evolução, incluindo funções gerais e administrativas, de investigação e desenvolvimento e comerciais", detalha a empresa, em comunicado.

"A nossa visão é fomentar o crescimento da Amgen, ao mesmo tempo que construímos uma equipa diversificada, focada em capacidades críticas para todas as funções, de uma forma eficiente e escalável," afirmou Daniel Campanha, Executive Director e Site Head do Amgen Capability Center Portugal. "Estamos muito entusiasmados por expandir a presença da Amgen em Lisboa, impulsionar a produtividade sustentável da nossa organização e, em última análise, servir melhor os nossos pacientes."

O responsável pela operação da Amgen em Portugal detalha que fatores como a "disponibilidade de talento local qualificado, atratividade de talentos internacionais, uma cultura favorável e um perfil de custos adequado" fizeram de Lisboa "uma escolha consensual" para a localização deste centro.

Este centro vai apoiar a atividade da empresa noutros mercados. Eurico Brilhante Dias, o secretário de Estado da Internacionalização, refere que o centro "reafirma" a competitividade do país, "a nossa equipa altamente qualificada, infraestrutura sólida e a nossa localização estratégica". "Portugal é um centro económico com ambiente favorável de negócios e uma cultura e clima atrativos", afirmou Brilhante Dias.

"Temos orgulho em receber uma empresa como a Amgen, com uma forte história de inovação, em linha com a nossa estratégia de reafirmar o país como um importante player para a qualidade e inovação em saúde", afirmou Diogo Serras Lopes, secretário de Estado da Saúde.

A Amgen surgiu nos anos 80 e expandiu-se a cerca de 100 países, concentrando-se no desenvolvimento de terapêuticas em áreas como a oncologia, hematologia, doenças cardiovasculares, inflamação, saúde óssea, nefrologia e neurociência. No total, contabiliza cerca de 20 mil empregados nas diversas localizações.

A empresa tem uma filial em Portugal desde 1993, contando atualmente com 40 colaboradores no país.

Partilhar