NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Festival de Cinema de Locarno, que começa hoje, na Suíça, contará com 'Nação Valente', de Carlos Conceição, na competição oficial, e quatro outros filmes de produção ou coprodução portuguesa, a maioria fora de concurso.

'Nação Valente', segunda longa-metragem do realizador luso-angolano Carlos Conceição, sobre o fim do colonialismo português e os traumas do pós-guerra colonial, estará na competição oficial pelo Leopardo de Ouro da 75.ª edição do festival.

 

Fora de competição, estão previstas as estreias de dois documentários: 'Onde fica esta rua? Ou sem antes nem depois', de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, e 'Objetos de Luz', de Acácio de Almeida, por Marie Carré.

 

'Onde Fica Esta Rua? Ou Sem Antes nem Depois' foi filmado entre 2019 e 2021 e desvenda os mesmos locais, os mesmos planos, os mesmos movimentos de câmara do filme 'Os Verdes Anos', de Paulo Rocha, de 1963, mas sem a narrativa, sem o elenco, sem os diálogos e com um novo olhar sobre a paisagem visual urbana de Lisboa e de alguns espaços interiores.

O documentário estrear-se-á em Locarno quase 60 anos depois de Paulo Rocha ter lá estreado 'Os Verdes Anos', protagonizado por Isabel Ruth e Rui Gomes, e considerado um dos filmes fundadores do Cinema Novo português.

 

'Objetos de Luz', produzido pela Bando à Parte, é uma reflexão visual sobre a importância da luz na criação cinematográfica, a partir da visão de Acácio de Almeida, 84 anos, um dos mais importantes diretores de fotografia do cinema português, que assina aqui a primeira longa-metragem.

 

No programa competitivo 'Pardi di domani' de Locarno, para curtas e médias-metragens, está o filme de animação 'L'ombre des papillons', da realizadora marroquina Sofia El Khyari, coproduzido por França, Qatar, Marrocos e Portugal, pela Cola Animation.

 

'O dia do desespero' (1992), filme de Manoel de Oliveira sobre os últimos dias de vida do escritor Camilo Castelo Branco, irá passar em Locarno na secção 'História(s) do Cinema'.

 

Da seleção de Locarno, destaque ainda para a estreia de 'Nossa senhora da loja do chinês', de Ery Claver, uma produção angolana do coletivo de cinema independente Geração 80.

 

No programa 'Match Me!', dedicado a profissionais do setor, estarão os produtores portugueses Mafalda Rebelo (Cimbalino Filmes), Daniel Pereira (The Stone and Plot) e Justin Amorim (Promenade Filmes), que participação em encontros com possíveis coprodutores, agentes de vendas e distribuidores.

 

O festival de cinema de Locarno terminará a 13 de agosto.

Partilhar