NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Banco Popular da China anunciou hoje que vai reduzir a taxa de referência para empréstimos em cinco pontos base, de 3,7% para 3,65%.

A taxa referencial para créditos (LPR, na sigla em inglês) a um ano registou a última variação em janeiro passado, quando o banco central chinês a reduziu a partir de 3,8%.

 

O banco anunciou ainda uma redução de 15 pontos base, de 4,45% para 4,3%, para a LPR a cinco anos, que já em maio teve uma redução semelhante.

 

Estas decisões coincidem com as expectativas de analistas e investidores, de que o banco central da China iria reduzir as taxas de juro, face à desaceleração da economia do país asiático.

 

Na semana passada, a instituição anunciou uma redução em 10 pontos base nas linhas de crédito de médio prazo (MLF) e nos acordos de recompra ("repos"), uma forma de empréstimo de curto prazo para negociadores de títulos do governo. Ambos são importantes instrumentos de financiamento do sistema bancário.

 

O LPR é calculado a partir das contribuições de preços de uma série de bancos, incluindo pequenos credores que tendem a ter custos de financiamento mais altos e maior exposição a crédito malparado, e visa reduzir os custos dos empréstimos e apoiar a "economia real".

Partilhar