NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

“Entre 2001 e 2006 encerraram 982 pontos CTT, entre os quais 119 lojas e, entre 2006 e 2011, mais 302, onde se incluem 117 lojas”, adiantou o presidente executivo dos CTT, João Bento, em resposta ao PCP, na comissão parlamentar de Economia.

O presidente executivo dos CTT anunciou hoje que, entre 2001 e 2014, foram encerrados 1.528 pontos CTT em Portugal, mas ressalvou que a partir daí e até ao ano passado, o número de pontos aumentou 57%.

 

“Entre 2001 e 2006 encerraram 982 pontos CTT, entre os quais 119 lojas e, entre 2006 e 2011, mais 302, onde se incluem 117 lojas”, adiantou João Bento, em resposta ao PCP, na comissão parlamentar de Economia.

 

Já entre 2006 e 2011 foram encerrados mais 302 pontos, incluindo 117 lojas CTT, a que se somam mais 244 pontos fechados entre 2011 e 2014.

 

No entanto, desde aí e até 2021, “aumentaram em 57% os pontos CTT”, contabilizando-se, por exemplo, mais 110 postos.

 

Conforme destacou, só desde maio de 2019, ano em que João Bento assumiu a presidência executiva dos CTT, foram abertas 32 lojas.

 

“Hoje temos mais estações e povoações onde há postos CTT”, garantiu.

Partilhar