NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Neste novo trajeto, a equipa da Dachser China coordenou todo o processo com o operador ferroviário, incluindo a recolha da mercadoria, a entrega no terminal e o despacho aduaneiro. A multinacional de logística disponibiliza o seu serviço de grupagem ‘rail’ aos seus clientes em Portugal.

A Dachser, empresa multinacional de logística de origem alemã, conseguiu organizar no final do ano passado o seu primeiro comboio de mercadorias entre a China e a Europa, precisamente na direção oeste.

 

“Com 50 contentores de 40 pés (FEU), o transporte chegou a Ludwigshafen, na Alemanha, no final de dezembro”, avança um comunicado da Dachser.

 

Segundo o documento, esta foi “uma viagem inédita da China à Europa”.

 

“Foi assim que, pela primeira vez na história da Dachser, um comboio de mercadorias completou a rota da China até à Alemanha. Com 50 contentores de 40 pés (FEU), o transporte chegou à cidade de Ludwigshafen, na Alemanha, no final de dezembro, tornando-se no primeiro da multinacional de logística a completar o percurso na direção ocidental. Neste novo trajeto, a equipa da Dachser China coordenou todo o processo com o operador ferroviário, incluindo a recolha da mercadoria, a entrega no terminal e o despacho aduaneiro”, esclarece o referido comunicado.

 

Os responsáveis da Dachser adiantam que, “posteriormente, em Ludwigshafen, a filial de Mannheim da Dachser organizou a distribuição dos contentores pela rede terrestre da empresa, em outras cidades alemãs e na Europa”.

 

“A pandemia e a consequente escassez da capacidade de transporte aéreo e marítimo levaram a uma maior procura do transporte ferroviário. Outro fator que impulsionou esta época alta no mercado asiático foi a proximidade do Ano Novo Chinês”, explica Vedat Serbet, Rail Services Manager EMEA [Europa, Médio Oriente e Ásia] da Dachser.

 

Recorde-se que, em 2020, a Dachser já tinha criado uma linha de transporte ferroviário regular para produtos químicos na direção oriental, de Frankfurt à China.

 

A Dachser assinala ainda que “a ‘Nova Rota da Seda’, que liga a China à Europa através de Erenhot, na Mongólia, passando pela Rússia, Bielorrússia e Polónia, assegura uma rota terrestre com condições estáveis para transportar, por exemplo, produtos químicos”.

 

“Simultaneamente, esta solução é uma alternativa eficiente e rentável ao transporte aéreo e marítimo”, realça o comunicado da Dachser.

 

Segundo Vedat Serbet, “o transporte por via ferroviária é altamente seguro em termos de programação e permite aos clientes evitar as tarifas voláteis de frete marítimo ou os cancelamentos repentinos dos voos. Por último, mas não menos importante, este meio de transporte é mais acessível que o transporte aéreo”.

 

Dachser oferece serviço de grupagem ‘rail’ entre a China e Portugal


A Dachser revela ainda que os seus clientes em Portugal “têm, também, acesso a este serviço ferroviário, que acaba por ser uma alternativa economicamente mais vantajosa em relação à carga aérea e mais rápida que o transporte marítimo”.

 

“Para importação da China, o operador de logística global disponibiliza, para além do serviço FCL (contentor completo), um serviço de grupagem ‘rail’ com consolidação própria na China. Ou seja, a Dachser agrupa a carga de vários clientes num mesmo contentor. Esta opção revela-se particularmente útil para cargas mais pequenas, que não preenchem um contentor completo. Neste caso, a mercadoria segue por ‘rail’ da China para um terminal em Hamburgo, na Alemanha, onde é desconsolidada e reexpedida para Portugal, aproveitando a rede de transporte terrestre European Logistics da empresa”, asseguram os responsáveis da Dachser.

 

Recorde-se que a Dachser é um dos maiores grupos privados do mundo na área da logística e transporte de mercadorias, empregando cerca de 30.609 trabalhadores em 399 filiais em 44 países.

 

A multinacional alemã está presente no mercado ibérico através das linhas de negócio Dachser European Logistics – dedicadas ao transporte terrestre e serviços logísticos integrais – e da Dachser Air & Sea Logistics (ASL), que é responsável pelos transportes aéreo e marítimo, oferecendo, ainda, todos os serviços de valor acrescentado inerentes a estas áreas de negócio.

 

“Na Europa, a Dachser posiciona-se no transporte rodoviário como uma solução única para todas as necessidades logísticas orientada para a exportação. Os seus serviços incluem armazenamento e soluções de distribuição, entregas B2C [‘business to consumer’, ou seja, da empresa para o consumidor], serviços específicos de carga parcial e completa e serviços especializados para a indústria química e ‘bricolage’, decoração e jardinagem”, conclui o comunicado desta multinacional de logística.

Partilhar