NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Os economistas da Católica já dão o ano como perdido e antecipam uma contração da economia de 2% em 2021 em vez de um crescimento.

A Católica reviu significativamente em baixa as previsões económicas para 2021. Em vez de um crescimento de 2,5% este ano, os economistas colocaram agora como cenário central uma contração do PIB de 2%, o que é justificado pelo “confinamento severo” em que o país se encontra atualmente. Contudo, assumem que há muita incerteza e que não é de excluir que a recuperação posterior seja forte o suficiente para compensar as perdas do arranque do ano.

 

Mais aqui

Partilhar