NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Nos primeiros oito meses do ano, até 31 de agosto de 2022, já foram criadas 32.298 novas empresas, o que representa um crescimento de 17% face ao mesmo período de 2021.

Foi no setor dos transportes que se registou um maior crescimento, com a constituição de 2.641 empresas desde janeiro, o que equivale a uma subida de 137% face ao período homólogo. “O crescimento do empreendedorismo nos Transportes verifica-se há mais de um ano consecutivo, após este ter sido também um dos setores mais penalizados com a pandemia, em 2020 e parte de 2021”, explica a Informa D&B.

Além dos Transportes, destacam-se os crescimentos de novas empresas nos setores dos Serviços gerais, com 941 constituições, representando um crescimento de 27%, Serviços empresariais, com 709 constituições (+15%) e Alojamento e restauração com 568 constituições (+23%).

Do lado oposto, registou-se uma queda na criação de novas empresas face a 2021 nos setores do retalho (-12%), Agricultura e outros recursos naturais (-2%) e as Indústrias (-1%).

No período em análise encerraram 7.684 empresas, menos 15 encerramentos que o período homólogo, e os novos processos de insolvência mantêm a tendência de descida que se verifica desde maio de 2020, após o início da pandemia. Nos primeiros oito meses do ano, 1.068 empresas iniciaram um processo de insolvência, valor que representa uma descida de 22% face a 2021.

Partilhar