NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Espaço de dois pisos de um edifício na Rua Mouzinho da Silveira é ocupado pela Luzzo Pizzaria, uma cadeia nacional de restauração que opera em regime de franchising e conta já com 27 restaurantes em Portugal. “Empresários brasileiros estão a retirar os seus capitais do Brasil.”

"Um investidor privado de origem brasileira adquiriu por um milhão de euros uma loja que tem como ocupante o restaurante Luzzo Pizzaria, instalado em dois pisos de um edifício reabilitado na Rua Mouzinho da Silveira", revelam as consultoras Athena Advisers e JLL, que conduziram esta transação, em comunicado.

Questionadas sobre a identificação do comprador, responderam ao Negócios que, como "é um investidor privado, nestes casos não é possível divulgar o nome".

De qualquer forma, "esta aquisição foi realizada por um cliente que já tínhamos acompanhado na compra de casa em Lisboa e que agora investiu connosco num ativo comercial", conta David Moura-George, diretor geral da Athena Advisers em Portugal, consultora que atuou em nome do comprador "no seu primeiro negócio no setor comercial em Portugal", tendo a JLL representado o vendedor, "também um investidor privado".

"Empresários brasileiros estão a retirar os seus capitais do Brasil"

 

Para este responsável, esta operação "é mais um exemplo que vem dar força a uma tendência que denotamos há algum tempo e que se prende com o facto de que os estrangeiros que compram habitação no nosso país acabam por diversificar o seu portefólio, investindo em produtos do setor comercial".

 

"Isso será cada vez mais recorrente e, nos próximos tempos, os investidores brasileiros irão destacar-se neste tipo de investimento devido à insegurança no seu país e à instabilidade que as decisões políticas do atual governo podem gerar nos empresários, razão pela qual estão a retirar os seus capitais do Brasil e a aplicá-los noutros mercados, incluindo Portugal. Além disso, cada vez que estes compradores diversificam os seus negócios, fazem-no com ‘tickets’ cada vez mais elevados, que em alguns casos podem chegar aos 30 milhões de euros", sinaliza o diretor geral da Athena Advisers em Portugal.

Já para Salvador Leite Castro, head of private wealth investment, Capital Markets JLL, a transação do espaço ocupado pela Luzzo Pizzaria na Rua Mouzinho da Silveira "é um sinal claro de que o Porto está no radar dos investidores e que o imobiliário comercial continua a ser procurado numa estratégia de diversificação de capitais".

Partilhar