NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Perfecta Energía, detida em mais de 42% pela Greenvolt, lançou um fundo, de até 133,5 milhões de euros, para "acelerar a penetração do autoconsumo a partir de painéis solares fotovoltaicos no mercado residencial espanhol".

A energética Greenvolt, através da sua participada, a Perfecta Energía, lançou um fundo "que irá permitir acelerar a penetração do autoconsumo a partir de painéis solares fotovoltaicos no mercado residencial espanhol", segundo nota divulgada esta quarta-feira.

 

Este fundo vai permitir dispensar os consumidores do investimento inicial - que se considera a "principal barreira" para a transição energética. Assim, as famílias poderão economizar sem ter de fazer este investimento, realça a Greenvolt.

 

A ideia deste tipo de investimentos é que as poupanças de eletricidade associadas à instalação de painéis solares sejam repartidas entre as famílias que cedem os seus telhados para a instalação dos painéis e as entidades ou investidores que financiam a aquisição dos equipamentos.

 

A Comissão Nacional do Mercado de Valores (CNMV) espanhola já aprovou a criação do fundo, que contará com uma linha de crédito disponibilizada pelo Barclays Bank com um valor inicial de 50 milhões de euros, expansível até 100 milhões. No máximo, o fundo poderá chegar aos 133,5 milhões de euros.

 

Até à data, a Perfecta Consumer Finance, subsidiária da Perfecta Energía, já investiu "mais de 10 milhões de euros em instalações de autoconsumo residencial, em mais de 1500 lares espanhóis".

 

A Greenvolt detém 42,19% da Perfecta Energía, com uma opção de compra de uma posição de controlo. A Perfecta está também no mercado com a Perfecta Industrial, uma empresa focada no segmento do autoconsumo empresarial.

Partilhar