NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A gama de equipamentos de refrigeração comercial da Jordão está mais amiga do ambiente. A empresa decidiu apostar na cortiça para desenvolver uma solução de isolamento térmico 100% natural, que promete reduzir a pegada de carbono destes equipamentos utilizados por restaurantes ou mercearias, por exemplo.

A nova solução Cork Core resulta de uma parceria entre a Jordão Innovcool e a Growancork, empresa portuguesa de engenharia especializada no desenvolvimento de soluções em aglomerado de cortiça e com os conhecimentos necessários para transformar este recurso renovável em isolamento térmico. Recorde-se que a cortiça também é usada nos sectores da construção, vinho, moda, artigos domésticos e até mesmo indústria aeroespacial.

 

Neste caso, poderá ser um aliado de operadores de retalho alimentar e do canal Horeca interessados em tornar os respectivos negócios mais sustentáveis.

 

«Esta é uma solução totalmente amiga do ambiente. O inovador isolamento em aglomerado de cortiça natural é uma alternativa ao poliuretano injectado (PU), tradicionalmente utilizado para isolamento térmico e robustez mecânica, com significativas vantagens ambientais e mantendo um óptimo desempenho», garante Joana Lobo, directora de I&D da Jordão.

 

Segundo a mesma responsável, a «produção de cortiça, sendo uma matéria-prima renovável, representa um sumidouro de carbono, pois retira mais CO2 da atmosfera do que emite durante o seu processo de fabrico», ao contrário do que acontece com o poliuretano.

Partilhar