NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Vai decorrer no Rio de Janeiro na próxima semana a iniciativa Portugal 360, um dos maiores eventos de promoção do país fora de portas.

A missão é piscar o olho a turistas brasileiros.

 

Ao longo dos anos, os portugueses foram habituando-se a conhecer o Brasil pela televisão. A imagem que têm do país foi pintada pelo que chega através das telenovelas. Mas em terras de Vera Cruz, qual é o retrato de Portugal?

 

Lídia Monteiro, do Turismo de Portugal, não tem dúvidas que “neste momento, no Brasil, há muita curiosidade sobre Portugal e uma certa admiração”. Parte do interesse está a associado ao facto de ser terra de antepassados. Mas não só. “Hoje em dia, Portugal aparece como um exemplo. Sinto no público brasileiro uma curiosidade genuína pela nossa forma de ser, pelo crescimento e pela contemporaneidade que temos”, conta ao Dinheiro Vivo. A imagem cinzenta que tinham está a desvanecer e são cada vez os que passam por Portugal em viagem.

 

Em 2013, pouco mais de meio milhão de cidadãos do Brasil visitaram Portugal. No ano passado, foram já quase 1,1 milhões, de acordo com os últimos dados do INE. “Havia uma imagem muito desatualizada porque pensavam que éramos um país muito antiquado. Hoje veem Portugal como um país que lidera do ponto de vista da inovação, empreendedorismo e criatividade. Quando nos visitam ficam ainda mais convencidos que o nosso país é admirável. Depois, há alguns aspectos que resultam do próprio público brasileiro, que tem cada vez mais interesse por atividades culturais. Associam-nos claramente à Europa e há toda uma dinâmica da cultura europeia que para eles é muito” importante.

 

Portugal não é o principal destino dos brasileiros quando viajam para a Europa. E é precisamente para mostrar o país em várias vertentes que a partir de quinta-feira, 6 de junho, o Turismo de Portugal vai realizar a segunda edição do Portugal 360 no Rio de Janeiro. O evento vai decorrer durante quatro dias, dando a oportunidade ao público de conhecer a gastronomia, cultura e música. Lídia Monteiro explica que o evento tem uma programação “muito diversificada e dirigida ao público brasileiro”, com a missão mostrar “uma experiência para um destino turístico 360”.

 

“A curiosidade [dos brasileiros] exigiu que fizéssemos uma programação que não fosse redutora e específica. Todas as temáticas que tentamos mostrar no Portugal 360 são sempre de interesse do público brasileiro e em que o nosso país é uma referência, ou tem tido notoriedade. Por isso, vamos ter espetáculos, arte urbana, palestras, gastronomia, vinhos”.

 

A aposta do Turismo de Portugal no Brasil insere-se também no âmbito da estratégia 2027, que estabelece metas económicas para dormidas e receitas turísticas, promovendo um crescimento do turismo em valor. Os turistas que chegam do maior país da América do Sul são dos que mais gastam quando visitam o país.

 

“Mas o Brasil é também muito interessante pelos números que temos vindo a registar, mas também porque é um turista que vem para Portugal num período que nos permite também atenuar a nossa natural sazonalidade”, escolhendo o inverno para conhecer o destino. “E gostam de viajar por todo o país. Isso é muito importante, mais uma vez para cumprirmos também um dos objetivos da Estratégia 2027, que tem a ver com levar turismo não só aquelas regiões que são tradicionalmente turísticas. Por isso, o interesse do público brasileiro tem a ver com todas estas dimensões”.

Partilhar