NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Empresa portuguesa ficou responsável pelo design, construção, entrega e instalação de máquinas e equipamentos elétricos na central dinamarquesa.

Há mão portuguesa na construção da maior central de biogás da Europa. A Efacec foi uma das empresas que participaram na construção desta infraestrutura, localizada em Korskro, na Dinamarca. Este negócio ficou avaliado em 9,3 milhões de euros.

 

“Enquanto um dos principais empreiteiros do projeto, a Efacec teve a seu cargo o design, construção, entrega e instalação de máquinas e equipamentos elétricos, incluindo o sistema de gestão de redes de energia SCADA”, referiu a empresa em nota de imprensa divulgada esta quinta-feira.

 

A central de biogás de Korskro foi inaugurada esta semana mas já se encontrava em funcionamento há vários meses. Terá a capacidade para produzir cerca de 37 milhões de Nm3 (normal metros cúbicos) por ano, que serão encaminhados para a rede de gás natural do país e pertence à empresa Nature Energy.

 

Entre os ganhos ambientais desta infraestrutura destacam-se o processamento de 708 mil toneladas anuais de biomassa, das quais 521 mil toneladas são estrume, 100 mil toneladas são palha da cama dos animais, silagem de relva e culturas energéticas, e as restantes 87 mil toneladas são subprodutos orgânicos.

Partilhar