NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Localizada na Ilha Terceira, Açores, a Quinta do Martelo – Centro Etnográfico e Gastronómico, acaba de conquistar, pelo 13º ano consecutivo, o galardão Green Key, na edição de 2019.

O troféu Green Key é atribuído a empreendimentos que se preocupam com a sustentabilidade ambiental. Uma vez distinguidas, as unidades ficam obrigadas a melhorar ainda mais as condições pelas quais foram premiadas em edições anteriores. A Quinta do Martelo tem feito um esforço contínuo de melhorias, nomeadamente, no que respeita às energias renováveis.

 

“A Quinta do Martelo é pioneira, nos Açores, num percurso de defesa e valorização do turismo em espaço rural e de natureza, tendo, ao longo de quase três décadas, sido reconhecida, por várias instâncias nacionais e internacionais, como um caso de êxito na articulação entre a exploração comercial turística e a preservação rigorosa da tradição, do ambiente e da verdade cultural e etnográfica do meio em que nasceu e desenvolve a sua actividade”, recorda Gilberto Vieira, proprietário da unidade.

 

O responsável sublinha ainda que, desde há longa data, a Quinta do Martelo tem apostado na produção de bens alimentares próprios, por meios de cultura biológica, aqui se incluindo frutas, legumes, tubérculos, plantas aromáticas e medicinais e variadas espécies de hortícolas, um trabalho que lhe valeu o primeiro prémio nacional “Horta do Chef”.

 

Recorde-se que o galardão Green Key é um prémio internacional que visa distinguir as boas práticas ambientais, nomeadamente energéticas e de educação ambiental na área do turismo sustentável, bem como a autenticidade sociocultural dos territórios de acolhimento. Tem também por objectivo a partilha dos benefícios socioculturais, designadamente ao nível de emprego estável e de qualidade.

Partilhar