NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Diversas iniciativas ligam a autarquia à InvestBraga e pretendem colocar a região no radar dos investidores. A organização vai ainda colocar em evidência a história económica e política da República Checa.

O município de Braga e a InvestBraga realizam esta semana o Conselho Estratégico da InvestBraga, parte de um conjunto de iniciativas que pretendem colocar a região no radas dos investidores, com a Semana da Economia de Braga (de 3 a 7 de Junho).

 

No primeiro dia, hoje, vai ainda decorrer a IV Cimeira dos Embaixadores Empresariais de Braga e a conferência ‘30 anos da revolução de veludo: liberdade e democracia – República Checa, um, parceiro para investimentos’. Esta iniciativa, aberta ao público, contará com a presença do Embaixador da República Checa em Portugal, Petr Šelepa.

 

Numa edição dedicada à ‘Economia e Talento’, a InvestBraga conta com o envolvimento do tecido empresarial de Braga, da comunidade de startups e dos vários parceiros estratégicos. O programa da Semana da Economia de Braga 2019 será preenchido com um conjunto de iniciativas, cujo objetivo passa por dar a conhecer as diferentes dinâmicas sectoriais, pelas quais Braga é reconhecida.

 

A 5 de junho, realiza-se o Fórum Económico, que conta com dois painéis, um com oradores nacionais no qual o tema das intervenções centrar-se-á na temática ‘Captar, Atrair e Reter Talento’; e um painel sobre ‘Territórios, Inovação e Talento’ com especialistas internacionais. Será também um momento para fazer um balanço dos cinco anos de atividade da InvestBraga.

A Mostra Empresarial, a 6 e 7 de junho, contará com a participação de mais de 70 empresas, universidades, escolas secundárias e profissionais, bem como, outras entidades locais que darão a conhecer aquilo que de melhor se faz a partir de Braga para o Mundo. A Mostra Empresarial será inaugurada no final do dia 5 de junho.

 

Braga tem vindo a acumular evidências de que é uma das regiões mais procuradas pelos investidores, tanto nacionais como estrangeiros. O perímetro urbano está bem recheado de exemplos desses investimentos. Por outro lado, a universidade local tem sido uma das instituições mais dinâmicas em termos da ligação da investigação às empresas.

 

Nomeadamente na área dos têxteis, mas não só, a Universidade de Braga tem sido apontada como um dos expoentes mundiais da investigação e desenvolvimento – sempre numa ótica que pretende ser de convergência entre o saber da academia e as necessidades das empresas.

 

As startups – numa lógica de sã concorrência com outras instituições, como a Universidade de Aveiro – são também um dos pontos de honra da Universidade de Braga.

Partilhar