NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O secretário-executivo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), Francisco Ribeiro Telles, visita Moçambique a partir de hoje e até sexta-feira, cerca de dois meses depois de o país ser atingido por ciclones que mataram 648 pessoas.

Ribeiro Telles, embaixador português, tem audiências previstas com o Presidente da República, Filipe Nyusi, com o primeiro-ministro, Carlos do Rosário, e diversos membros do Governo moçambicano, além de encontros com empresários.

 

O secretário-executivo da CPLP deverá ainda intervir na Cimeira de Negócios África-EUA, que decorre a partir de hoje e até final da semana, em Maputo.

 

Da agenda divulgada pela comunidade lusófona consta ainda uma visita ao Centro de Análise Estratégica da CPLP (CAE-CPLP) e uma palestra sobre a CPLP, na Universidade Joaquim Chissano.

 

A comunidade lusófona assinou um protocolo com o Governo moçambicano, em abril, para transferir verbas mobilizadas para apoio as vítimas do ciclone Idai, na ordem de um milhão de euros, no âmbito do Fundo de Solidariedade criado para apoiar as regiões atingidas pela calamidade.

 

O ciclone Idai atingiu o centro de Moçambique em março e provocou 603 mortos, e em abril o ciclone Kenneth, que se abateu sobre o norte do país em abril, matou 45 pessoas.

Partilhar