NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O projecto do resort Costa Terra, no litoral alentejano, junto a Melides, foi adquirido pela empresa norte-americana Discovery Land Company.

Concebido pelo suíço Andreas Reinhart, proprietário da Herdade da CostaTerra durante mais de 44 anos, o projecto viria a ser vendido a 18 de Setembro de 2008 ao empresário Pedro Queiroz Pereira. A promoção do resort, na altura considerado PIN (Projecto de Interesse Nacional), encontrava-se embargado desde 2007 por questões ambientais.

 

Segundo informou em primeira mão o Jornal de Negócios, as conversações entre o grupo de Pedro Queiroz Pereira e a empresa norte-americana prolongavam-se há já mais de um ano, tendo prosseguido após a morte, a 20 de Agosto de 2018, do líder do grupo nacional e concluindo-se agora com a celebração da escritura de compra e venda, sem que tivesse sido divulgado o valor da transacção.

 

Com cerca de 200 hectares e quatro quilómetros de frente de costa, a Costa Terra localiza-se na freguesia de Melides, concelho de Grândola. A construção do projecto deverá avançar dentro de dias, o qual prevê um campo de golfe, vários hotéis e villas prime.

 

A Discovery Land Company

 

A Discovery Land Company, liderada pelo multimilionário, Mike Meldman, desenvolve a sua acção na promoção e gestão de resorts turísticos. Tem sede em Scottsdale, Arizona (EUA), e já por diversas vezes foi considerada uma das melhores promotoras e gestoras de resorts por revistas da especialidade, como a Robb Report Vacation Homes e a Luxury Living.

Fundada em 1994 por Michael S. Meldman, a Discovery Land Company possui e gere condomínios residenciais turísticos na América do Norte, Caraíbas e Hawai. No seu portefólio constam actualmente 23 projectos de classe ‘prime’.

 

O facto do grupo norte-americano escolher Portugal como primeiro destino internacional, distante das regiões para onde habitualmente canaliza os seus investimentos, não deixa de ter um significado muito relevante. O grupo assume as dívidas que pertenciam à Costa Terra, tendo já estabelecido acordos com o Novo Banco, BCP, BPI, Caixa Geral de Depósitos, Caixa de Crédito Agrícola e Montepio, os bancos aos quais parcelas do terreno haviam sido dadas como garantias de empréstimos.

Partilhar