NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Os “afluentes” da região chegarão a 136 milhões até 2030, substituindo a classe média como impulsionadora do crescimento económico e criando vastas oportunidades para as empresas de produtos de consumo, segundo um novo relatório da BCG.

A economia consumista do Sudeste Asiático está a ser transformada pela ascensão de dezenas de milhões de pessoas da classe média à classe afluente, um segmento que controla até 40% da riqueza familiar da região, apesar de apenas 10% de sua população. Essa tendência cria um forte crescimento na procura de produtos premium e novas categorias de produtos. Estas estão entre as conclusões de um relatório intitulado Beyond the “Crazy Rich”: The Mass Affluent of Southeast Asiadivulgado na semana passada pela Boston Consulting Group (BCG).

 

Leia o relatório completo aqui.

Partilhar