NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O tema será abordado já no próximo dia 7 de Junho no fórum “O novo paradigma do investimento Luso-Alemão”. Os investimentos alemães em Portugal ascenderam, em 2018, a 1,88 mil milhões de euros.

As empresas alemãs são diretamente responsáveis, em Portugal, por 35 mil empregos e, se considerados os indiretos, cerca de 50 mil, ao mesmo tempo que agregam 1,88 mil milhões de euros de investimento só em 2018. Este será o tema de um debate a realizar no dia 7 de junho, na Porto Business School.

 

O economista Daniel Riscado apresentará um estudo da Roland Berger acerca dos fatores que influenciam o aprofundamento das relações económicas entre Portugal e a Alemanha, explorando o tema do equilíbrio entre o investimento português na Alemanha e o investimento alemão em Portugal.

 

A evolução da representação sectorial do investimento alemão em Portugal será o tema abordado pelo ex-ministro da Economia Manuel Caldeira Cabral, que versará o novo foco no turismo, inovação e tecnologia.

 

Pedro Moura (em representação da farmacêutica Merck Portugal), Paulo Guedes (CFO da Critical TechWorks), Jaime Sá (diretor geral da Simoldes), Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Gaia e da Área Metropolitana do Porto, e Pedro Pinheiro, empresário e professor da Porto Business School, serão outros oradores.

 

Os painéis focar-se-ão nos temas: “O papel do investimento alemão no desenvolvimento da indústria e da inovação em Portugal” e “Na génese do Portugal 2020 e evolução da tecnologia 5.0: Quais as vantagens competitivas de Portugal para atrair futuros investidores”.

Partilhar