NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Consultora de engenharia e R&D assinalou esta quarta-feira a criação do centro mundial de excelência em ciência de dados e inteligência artificial, o Tessella – Altran World Class Center Analytics, com escritórios em Lisboa e no Porto, onde já trabalham uma equipa de 35 especialistas.

A Altran inaugurou o seu centro de dados e inteligência artificial, o Tessella – Altran World Class Analytics, esta quarta-feira, 29 de maio, em Lisboa. Este centro mundial da Altran terá dois escritórios em Portugal, nomeadamente nas cidades de Lisboa e Porto e uma equipa inicial de 35 especialistas.

 

Este centro de dados permitirá que os engenheiros portugueses da Altran passem a integrar um grupo mundial com mais de 350 especialistas em ciências de dados.

 

De acordo com o que a empresa anunciou hoje, este centro de dados e a integração da Tessella na operação da Altran em Portugal surgiu “no sentido de oferecer aos clientes soluções de valor acrescentado e responder às necessidades do mercado, na disponibilização de consultoria de engenharia de ponta a clientes internacionais.

 

Estados Unidos, China e Canadá são os países que mais investem e que lideram na inovação na área da ciência de dados e inteligência artificial e foi nesse sentido que a presidente executiva da Altran Portugal, Célia Reis, afirmou a necessidade do investimento neste novo centro de dados.

 

“O caminho de qualidade é crítico, se Portugal quiser estar no mapa”, disse a CEO da Altran Portugal, durante o lançamento do novo centro de dados, hoje, em Lisboa.

 

Uma afirmação marcante, tendo em conta que a União Europeia prevê um investimento comunitário na ordem dos 20 mil milhões de euros em inteligência artificial, sendo que cada Estado-membro deverá chegar à ordem dos mil milhões de euros, de acordo com as explicações que a representante da ANI Marta Candeias, no mesmo evento.

 

Já Bruno Casadinho, o chief operating officer (COO), por sua vez,  disse que “a aposta nesta área da inteligência artificial e a ciência de dados é uma oportunidade extraordinária” para os clientes da filial portuguesa do grupo Altran “desenvolverem novos serviços disruptivos, assim como tornarem os seus negócios mais digitais”.

 

O lançamento deste novo centro de dados, em Portugal, representa uma “presença do mercado europeu” para a Tessella. O CEO da Tessella, Mark Kirwan, contou que este novo data center acabará “por garantir resultados extraordinários no que se refere à ciência de dados”.

 

Atualmente, a Altran conta com mais de 2.300 engenheiros em Portugal em Lisboa, Porto e Fundão, nas áreas do Digital, Software Engineering e Telecom Engineering. “Queremos ser top of mind nestas áreas”, concluiu Célia Reis, revelando que, hoje, “a área automóvel é das que regista maior crescimento na Altran, na costumização e no desenho de software”.

Partilhar