NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Luís Moita é um dos coordenadores do Estudo da Estrutura Diplomática Portuguesa, elaborado pelo Observare, o Observatório de Relações Exteriores da Universidade Autónoma, recentemente apresentado.

Esta investigação, que incluiu um inquérito feito aos embaixadores espalhados pelo mundo, fez um raio-X à rede diplomática e propõe alguns caminhos para que esta se a de que aos "novos tempos". Entre as medidas sugeridas estão a redução de 20 embaixadas, sobretudo na Europa, o reforço da representação na Ásia e África, a redefinição das funções diplomáticas e a criação de embaixadores itinerantes temáticos e de embaixadas radiais.

 

Leia a entrevista na íntegra aqui.

Partilhar