AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Contact Us


Homepage » Internacionalizar » Multilaterais

 Multilaterias Financeiras

  

Multilaterais Financeiras

 

O Mercado das Multilaterais Financeiras

 

Guia Prático: Acesso ao Mercado das Multilaterais

 

Programa Parcerias para o Desenvolvimento

Consulta de oportunidades de negócio: Portal Parcerias para o Desenvolvimento

 

A adesão de Portugal às Instituições Financeiras Internacionais (IFI) prossegue objetivos de natureza política e económica, nos quais se destacam:

 

- Garantir a defesa dos interesses estratégicos da política externa, de internacionalização e de cooperação portuguesa;

 

- Aumentar a visibilidade e influência nacional nas IFI;

 

- Promover vantagens mútuas de cooperação económica e facilitar o acesso das empresas e consultores nacionais ao denominado mercado das multilaterais financeiras, cuja oferta à escala global ultrapassa os USD 40 mil milhões anuais apenas em contractos de licitação.

 

Assim, o mercado das multilaterais financeiras apresenta um enorme potencial no que diz respeito a oportunidades de negócio, investimento e parcerias internacionais.

As oportunidades de negócio para empresas junto das IFI compreendem:

 

O Mercado de procurement (contrato de licitação pública para aquisição de bens e serviços):

 

Designa-se por procurement a aquisição de bens, obras e serviços através de concursos lançados no âmbito de financiamentos, concessões e / ou créditos feitos por qualquer Instituição Financeira Multilateral a entidades públicas dos países beneficiários.

 

Embora a competição seja grande, estes concursos constituem atrativas oportunidades de negócio para as empresas, ao mesmo tempo que contribuem para o seu prestígio.

 

O Setor Privado (Financiamento de Projetos de Investimento):

 

O denominado sector privado das IFI estabelece operações bilaterais com empresas ou com a Banca (excluindo o sector público), tendo por objetivo:

 

- facultar o acesso ao crédito às empresas das regiões e países excluídos do mercado privado de capital,

 

- financiar programas em países considerados de risco elevado para o investimento privado.

 

As oportunidades nesta área compreendem o financiamento de projetos de investimento de empresas privadas, incluindo o sector bancário, desde que os referidos projetos se incluam nas diretrizes da respetiva IFI, no que se refere ao desenvolvimento dos países beneficiários, contribuindo, desta forma, para o seu desenvolvimento sustentável. A atração desta forma de financiamento reside nas condições vantajosas de financiamento que as IFI oferecem, em relação às condições existentes no mercado.

 

Os Trust Funds ou Fundos de Cooperação Técnica

 

Trata-se de Fundos que Portugal mantém junto de algumas IFI e cujos recursos se destinam a financiar serviços de consultoria e assistência técnica nos países beneficiários, essenciais para a posterior implementação dos projetos dessa IFI.

 

Constituem também uma oportunidade para as Empresas nacionais visto que, em alguns destes Trust Funds, parte dos montantes ainda se encontram destinados apenas a empresas portuguesas, sendo estes designados por “fundos ligados”, em oposição aos “fundos desligados” aos quais as empresas de qualquer país membro da IFI podem concorrer.

 

Estes instrumentos são geridos pelos bancos, sendo os projetos a que se destinam apresentados ao país doador para aprovação e as empresas intervenientes selecionadas pelo gestor do projeto.

 

Para serem elegíveis para este tipo de financiamento, as empresas devem efetuar a sua inscrição na base de dados da AICEP, bem como da IFI correspondente, quando exigível.

 

 

As Multilaterais Financeiras

Atualmente, as instituições financeiras acompanhadas pelo Grupo de Trabalho das Multilaterais Financeiras são as seguintes:

 

Grupo do Banco Mundial

Banco Africano de Desenvolvimento

Banco Asiático de Desenvolvimento

Banco Inter-Americano de Desenvolvimento

Banco Europeu de Investimento - Mandato Externo: ACP - ALA - FEMIP

Banco Europeu para a Reconstrução e Desenvolvimento

Corporação Andina de Fomento

 

São também acompanhadas outras multilaterais, nomeadamente:

 

União Europeia - Direção-Geral da Cooperação Internacional e do Desenvolvimento – EuropeAid

 

Sistema das Nações Unidas – UN Global Marketplace

 

 
Partilhar